O Ressurgir

Objetivo

Dar o peixe e ensinar a pescar. Dar as mãos para caminharmos juntos até a beira do rio.
Amparar a família: assisti-la na saúde, na alimentação e capacita-la profissionalmente para a geração de renda e para o acesso ao mercado de trabalho.
Promover a inclusão social das nossas crianças e adolescentes através da conscientização dos seus direitos e deveres.
Disponibilizar meios para elevar a qualidade de vida das nossas famílias.

Histórico na fundação

Nascemos no mês de Janeiro do ano de 1995, batizados de Associação Ressurgir – Escola de Família.
Hoje, estamos localizados na Avenida Paulo de Frontin nº 435, no bairro do Rio Comprido, no estado do Rio de Janeiro, em nossa sede própria, com 680 m² e que foi adquirida através de um projeto chamado “Solidário” com recurso não reembolsável do BNDES.

…”quantas pessoas, quantas mãos, quanto amor envolvido”.

Certamente essas mãos e amor maior vieram da Dra. Albenita Leite de Barros Correia, que naquela época tinha a responsabilidade da chefia do setor de saúde mental do Hospital Municipal Salles Netto, também localizado no bairro do Rio Comprido, onde liderava um grupo de profissionais do hospital que objetivava dar apoio às famílias das crianças internadas.
Esse grupo ajudava as famílias a compreenderem a doença, participarem e colaborarem durante todo o tratamento do menor doente.
Só que havia um problema: as famílias assistidas eram de baixo nível socioeconômico e esse apoio, por si só, não era suficientemente capaz de suprir todas as necessidades. Por consequência, quase todas as crianças que recebiam alta acabavam retornando para o hospital e muitas vezes em piores condições. Tais fatos provocavam grandes sentimentos de impotência e frustração em toda equipe que considerava esses retornos como extremamente trágicos.
Percebeu-se então que o trabalho do grupo precisava ser ampliado, cercando as famílias de um atendimento holístico. Descobriu-se portanto que a falta de informação aliada à miséria das famílias encaminhadas pelo hospital, davam margem a um processo de reinternação continuada.

Reverter esse quadro, ajudando as famílias a saírem da miséria, era preciso! Indispensável! Passou-se então ao uso de ferramentas mais sólidas e eficazes, permitindo-se a busca da geração de oportunidades para uma real mudança. Através desta busca é que se descobriu a fórmula capaz de promover a parceria necessária para a execução de um trabalho educativo e transformador, criando-se assim o tripé:

HOSPITAL x RESSURGIR x UNIVERSIDADE

Missão de Hoje

Em função da mudança social do País, fatos resultantes de diversos programas sociais de governos, hoje a “Ressurgir” tem como missão incluir socialmente as famílias em risco social e pessoal, trabalhar na educação para a saúde física e psicológica das famílias, conscientizar sobre os direitos e deveres para responsáveis e público infanto/juvenil, através de estudos do ECA (Estatuto das Crianças e Adolescentes), na educação como complementação escolar para as crianças/adolescentes e na capacitação para a geração de trabalho e renda para os pais e responsáveis, promovendo a autoestima e a sustentabilidade das famílias.

Visão de Futuro

Trabalhar incansavelmente para realizar nossa missão de dar às famílias que assistimos a possibilidade de alcance da cidadania e de uma verdadeira inclusão social.

Sensibilizar a sociedade em geral quanto a sua importância em participar dos nossos projetos e de uma forma efetiva, capaz de colaborar com a “Ressurgir” na construção de um País mais justo.

Atual Diretoria

Presidente
Albenita Leite de Barros Correia – Psicóloga

Vice-presidente
Wilson Rezende Cunha – Analista de Sistemas e  Métodos

Conselho Fiscal
Maria Cristina Fortes – Psicóloga e Administradora de Empresas
Shamuel Datun – Economista
Marcelo de Barros Correia – Professor